Terça-feira, 27 de Março de 2012

Já aqui foi referido que o chorinhas Luis Filipe Menezes, autarca de Gaia,

foi ao Congresso do PSD para fazer uma catarse através do insulto e de acusações inebriantes contra José Sócrates, embrulhadas em papel de raiva, ódio e rancor que sempre nutriu pelo ex-primeiro-ministro. Ainda nos lembramos do espumoso discurso feito pelo autarca de Vila Nova de Gaia. Referiu o «custo de 1000 milhões de euros para o Estado», com a concessão da Rodovia do Douro Litoral, que disse ter sido obra de Sócrates. Pois bem, para rebater o «atabalhoado» discurso de Menezes, o ex-secretário de Estado Paulo Campos, enviou uma carta ao autarca de Gaia, onde são rebatidas todas as atoardas lançadas por Menezes no Congresso do PSD. Eis algumas passagens: «Dado o aparente estado inebriado com que V. Exa. se dirigiu, ontem, ao congreso do seu partido, presumo que quando mencionou "o ex-secretário de Estado das Obras Públicas" se dirigia a mim». Quanto á "retirada de carris da linha do Mondego", diz Paulo Campos: «É V.Exa. tão ignorante ao ponto de desconhecer que na anterior governação eu não tive qualquer delegação de poderes no sector dos transportes que tutelaram o complexo e absolutamente merecedor de análise Metro do Mondego». Sobre a rodovia do Douro Litoral, diz Paulo Campos: «É V. Exa. tão "atabalhoado" na ganância política ao ponto de revelar desconhecer que o concurso para a concessão Douro Litoral foi lançado, não por um Governo de José Sócrates, mas por um governo do partido a que V. Exa. pertence, concretamente assinado pela Dra. Manuela Ferreira Leite». Sobre a Lusoponte, diz Paulo Campos: «O dinheiro das portagens está no bolso esquerdo do seu companheiro Ferreira do Amaral, enquanto presidente da Lusoponte, e o dinheiro que o seu secretário de Estado determinou que fosse pago, por não se cobrar portagens que tinham sido pagas, está no bolso direito do seu companheiro». E Paulo Campos ainda refere a "jogada" de Menezes com o peão de brega Marco António, actual secretário de Estado da Solidariedade: «[Se] dúvidas houvesse sobre o verdadeiro carácter político de V. Exa. ficaram dissipadas: o sr. secretário de Estado da Segurança Social é um homem a prazo que não está em funções para resolver os graves problemas sociais com que muitos concidadãos vivem, mas para exercer a função de peão no xadrez partidário a que V. Exa. o submeteu».

 Devo esclarecer que o Cônsul Marco António, braço direito de Menezes, será candidato à Câmara de Gaia no próximo ano, enquanto Menezes sai (lex oblige), para se candidatar à Câmara do Porto... gente oportunista, nortista e menezista, é o mínimo que se pode dizer desta corja..

No congresso do seu partido, o autarca Menezes bolsou sobre a rodovia Douro

Litoral, gerada no útero da Velha Senhora, e ainda sobre o Metro do Mondego.



publicado por Evaristo Ferreira às 16:21 | link do post

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

FIM DE CICLO...

A ENTREVISTA DE SÓCRATES

SÓCRATES NA RTP

PASSOS DE JOELHOS

DESCRÉDITO TOTAL

COM PAPAS E BOLOS...

É A ECONOMIA, ESTÚPIDO!

OS PROFETAS DOS "MERCADOS...

QUE SE LIXE O "PÚBLICO"

OS PAPAGAIOS DO COSTUME

arquivos

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

links
blogs SAPO
subscrever feeds