Segunda-feira, 19 de Março de 2012

Chegou a vez de António Borges se sentar à mesa farta do poder.

Em 2009 colou-se a Manuela Ferreira Leite, na esperança de chegar a minstro das Finanças no Governo da Velha Senhora, mas a candidata às eleições legislativas de 27 de Setembro perdeu a favor de Sócrates, e o professor António Borges ficou no desemprego. Andou a queixar-se de que fora despedido do Goldman Sachs por causa do Governo de Sócrates, que sempre recusara os serviços de assessoria daquele banco americano. Em 2011, depois do chumbo do PEC-4, o banqueiro António Borges aspirava a ser o minstro das Finanças de Passos Coelho, mas este não foi por aí. No entanto Borges continuou a mostrar o seu currículo, embora houvesse muitos outros candidatos áquele lugar. Um deles era o Eduardo Catroga. Mas ambos acabaram por ser premiados. Catroga, que tem uma reforma de 9.654,00 euros, foi prendado por Passos Coelho com um lugar á mesa farta da EDP, a chupar 640 milhões anuais. E António Borges, o banqueiro, foi premiado com um lugar à margem do Governo, mas com alto relevo político. Passos Coelho atribuiu-lhe um special assigment: a chefia de uma equipa destinada a preparar as privatizações e as parcerias público-privadas. Neste andamento, eis senão quando, aparece a Jerónimo Martins, holding do Pingo Doce, a pedir ajuda ao ex-banqueiro António Borges. E oferece-lhe um lugar não-executivo, possivelmente ao nível do patrão, Alexandre Soares dos Santos. O ex-banqueiro ao serviço do Estado, perguntou ao Governo se existia algum impedimento que o pudesse inibir de aceitar o cargo oferecido pelo Pingo Doce. Passos Celho e Vitor Gaspar apressaram-se a dizer que não, que não havia impedimento nenhum. E assim, ao aceitar mais este cargo, António Borges, o ex-banqueiro, passa a ser o merceeiro do Pingo Doce... Ísto é vergonhoso, promíscuo e inaceitável. Afinal, onde está a isenção, o rigôr e a transparência tão apregoados por Passos Coelho? Então ninguem está a ver o conflito de interesses? Vejamos: António Borges lidera as «privatizações»; a Caixa Geral de Depósitos tem que desfazer-se da Sumol-Compal, negócio antigo e obscuro (troika oblige); e a Jerónimo Martins (holding do Pingo Doce) está interessada em comprar (a preço de saldo) o negócio dos sumos e refrigerantes da Sumol-Compal. Então, há ou não há aqui um conflito de interesses? Asneira deste calibre, nunca seria de esperar vinda de um Governo que encheu a boca com «rigor, isenção, transparência». Passos Coelho já esqueceu tudo aquilo que nos «vendeu», todas as suas promessas políticas? Mas não haverá alguem que possa travar este descalabro? O Parlamento e o Chefe do Estado vão calar-se perante este acto descarado, prenhe de incontáveis absurdos? Espero bem que este «negócio» não se concretize.

Aquilo que parece nem sempre é... Com esta imagem não podemos esquecer

que há sempre "sete cães a lutar por um osso". Quando chega o momento de

lutar pelo «osso», todos os animais actuam por forma a ficar com o melhor...



publicado por Evaristo Ferreira às 14:39 | link do post

De Alfinho a 19 de Março de 2012 às 15:47
Só falta mesmo a aquisição ser financiada pelo BIC, com os ativos que o Estado vai enfiar no BPN...


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

FIM DE CICLO...

A ENTREVISTA DE SÓCRATES

SÓCRATES NA RTP

PASSOS DE JOELHOS

DESCRÉDITO TOTAL

COM PAPAS E BOLOS...

É A ECONOMIA, ESTÚPIDO!

OS PROFETAS DOS "MERCADOS...

QUE SE LIXE O "PÚBLICO"

OS PAPAGAIOS DO COSTUME

arquivos

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

links
blogs SAPO
subscrever feeds