Quinta-feira, 3 de Maio de 2012

Passos Coelho e o seu Governo, quando se trata de enfrentar lóbis,

sejam eles de interesses corporativos, de associações patronais ou de autarquias estatais, não consegue executar as recomendações (ou exigências) da Troika. Este Governo tem mostrado ser duro com os fracos e cobardolas com os fortes. Foi assim com o roubo dos subsídios de Férias e de Natal -- que não constam do Memorando da Troika -- foi assim com os cortes na função pública, e o contrário com as rendas excessivas da EDP e com a redução do número de autarquias (primeiro com as Câmaras e agora com as Freguesias). O Governo desiste de enfrentar o lóbi das autarquias, ou seja, não vai cumprir com o Programa da Troika, que previa a redução do número de autarquias. Miguel Relvas prometeu que ia reduzir em 1.500 o número de Freguesias, mas agora desistiu, depois de ter sido vaiado em reuniões com a ANMP. Como é sabido, havia um estudo para reduzir em 2.000 milhões de euros as rendas excessivas da EDP, mas o estudo enviado ao Governo chegou primeiro (por portas travessas) ao gabinete de António Mexia, que logo começou a desvalorizá-lo, dizendo era exageradamente delirante. Agora, em lugar de 2.000 milhões de euros, fala-se em apenas uns 200 milhões... E o Governo parece aceitar e calar-se. Um governo cobardolas que, mesmo escudado na Troika, não consegue enfrentar os poderosos. Passos Coelho e os seus ministros são fortes, duros e inflexiveis mas só com os fracos e indigentes. Cortes nos subsídios do RSI, no Subsídio de Desemprego, e aumento de impostos, subida dos passes sociais... Tudo a "malhar" no pobre e remediado Zé Povinho. Ao contrário daquilo que prometeu, Passos Coelho tem sugado o dinheiro dos reformados e da função pública, mas tem esquecido os gestores públicos, o sector privado e os reformados do Banco de Portugal. Para estes a crise passa ao lado. São portugueses de primeira, os outros são lusitanos de segunda ou "lixo", como gostam de classificar os "mercados" insaciáveis.

Vista geral de Pyongyang, capital da Coreia do Norte, tão demonizada pelos media ocidentais.

Aqui não há fome, mas lá ela existe -- dizem. Será verdade tudo o que se diz sobre Pyongyang?

Tambem roubam aos reformados e funcionários públicos, como faz este Governo de tecnocratas?



publicado por Evaristo Ferreira às 14:42 | link do post | comentar

mais sobre mim
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

FIM DE CICLO...

A ENTREVISTA DE SÓCRATES

SÓCRATES NA RTP

PASSOS DE JOELHOS

DESCRÉDITO TOTAL

COM PAPAS E BOLOS...

É A ECONOMIA, ESTÚPIDO!

OS PROFETAS DOS "MERCADOS...

QUE SE LIXE O "PÚBLICO"

OS PAPAGAIOS DO COSTUME

arquivos

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

links
blogs SAPO
subscrever feeds