Sexta-feira, 3 de Fevereiro de 2012

O calaceiro Vasco Graça Moura, inventor do «país da trampa», comissário

do PSD nomeado agora para dirigir o Centro Cultural de Belem (CCB), anda numa roda viva, armado de vassoura, touca e farda de limpeza, a varrer todos os cantos daquele edifício público. Consta-se que não tem dormido, não só pelo seu trabalho mas tambem porque teve uma crise provocada pela rotura da bílis, devido ao exacerbamento do fel. Vasco, conhecido pelo «calaceiro», perdeu-se in translation. Depois de correr com o Mega Ferreira, tudo vez para enojar os membros do quadro directivo do CCB, que se demitiram em bloco. O fedor exalado pelo fel do Vasco, fez com que todos fugissem. Agora o «calaceiro do país da trampa» entrou em paranóia: ordenou que todo o software e demais programas dos computadores no CCB fossem imediatamente transfigurados para o português falado e escrito pelo tradutor da Divina Comédia... Vasco Graça Calaceiro sempre mostrou ter uma enorme fobia pelo Acordo Ortográfico (AO). Vai daí, ordenou que fôsse abolido nos programas dos PCs, nos tickets de bilheteira, nas obras editadas e nos títulos do acervo em exposição, pertença do Comendador Berardo. Mais: exigiu que este, para se passear pelo CCB a dar bitaites sobre as latas de Sopas Campbell, passe a frequentar um curso de ancient portugais, não aquele do novo AO. Vasco Graça Calaceiro já foi avisado para que não contribua para a «guerra institucional» e para o «aumento da despesa» do CCB -- austeridade oblige -- mas o tradutor de Goethe não quiz ouvir ninguém. Segundo consta, terá respondido que ele «já não tem idade para aprender mais idiomas». Gostaria mesmo era voltar ao tempo em que se escrevia pharmácia, com ph. [Atenção ao símbolo quimico do fósforo]. Correm rumores de que o «calaceiro Vasco», deseja «purificar» todo o ambiente de trabalho no CCB. Já terá confessado o seu desejo em proceder a uma «desbaratização/desinfestação» de todo o edifício. Há quem veja nisto uma possivel purga, estilo crystalnacht, á boa maneira de Goebbels. Apesar de todas estas tropelias, até agora, nem o secretário Francisco Zé Viegas nem o Governo se pronunciaram pela desbunda em trânsito no CCB. Será possivel que alguem possa desafiar e vencer as ordens emanadas da tutela? Esta histeria do «calaceiro Vasco» contra o AO será legítima? Não será uma questão de psiquiatria? Não revelará em si uma desobdiência ao Estado de Direito? (Caros leitores: desculpem-me por esta ironia).

Templo de Júpiter em Baalbek, Líbano, coberto de neve. Nem as costas do mar

Mediterrâneo são poupadas à vaga de frio que sopra das regiões polares...



publicado por Evaristo Ferreira às 16:13 | link do post | comentar

mais sobre mim
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

FIM DE CICLO...

A ENTREVISTA DE SÓCRATES

SÓCRATES NA RTP

PASSOS DE JOELHOS

DESCRÉDITO TOTAL

COM PAPAS E BOLOS...

É A ECONOMIA, ESTÚPIDO!

OS PROFETAS DOS "MERCADOS...

QUE SE LIXE O "PÚBLICO"

OS PAPAGAIOS DO COSTUME

arquivos

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

links
blogs SAPO
subscrever feeds