Quinta-feira, 5 de Janeiro de 2012

O primeiro-ministro Pedro Passos Coelho desclassificou o relatório «secreto»

sobre as «suspeitas de violação do segredo de Estado». Primeiro, não deu cavaco, porque o relatório era secreto, agora vem permitir que os jornais, rádios e televisões se entretenham a esmiuçar o caso. Pelo meio, salta para a praça pública a questão sobre «sociedades secretas» para, assim, atingir a Maçonaria, alvitrando-se já a obrigatoriedade de os políticos declararem se são ou não maçons... Trata-se de mais um «isco» para entreter os comentadores, jornalistas e afins, desviando as atenções do fraco desempenho do Governo, que assim encontrará uma «folga» para descontrair. Este é o método recomendado pelo Professor Marcelo a este Governo: comuniquem, mas comuniquem por forma a desviar as atenções da comunicação social para outros temas que não do Governo. Com tanta austeridade, com tanto problema para resolver, com tanta inépcia do Governo na área económica e social, e estamos nós a discutir o sexo dos anjos! Ser ou não ser maçon, eis a grave questão da sociedade portuguesa... Estão mas é a ficar todos com a moleirinha obliterada. Por este andar, qualquer dia um candidato a deputado tem que declarar, sob juramento, se é maçon, se pertence à Camorra ou à Negrandeta, se está inscrito no Benfica ou no Salgueiros, se pertence ao clube dos gays ou é membro do ACP, etc. Quanto a mim, é um disparate esta discussão. Deviam é preocupar-se com as máfias e os lóbis de advogados que facturam ao Estado. Não me parece que um maçon, que defende os valores da «liberdade», da «igualdade» e da «fraternidade», seja o mesmo que um membro da máfia ou um criminoso ligado ao narcotráfico. É mais aceitável que um país seja governado pela Maçonaria do que por organizações semi-secretas, como é o Grupo de Bildberg, o Fórum de Davos, a Trilateral, a Cosa Nostra, a Yakuza ou uma qualquer Offshore sediada em Caimão. Destes grupos, semi-clandestinos, é que pode vir toda a tramóia maléfica, que afecta negativamente a economia e as finanças dos países soberanos.

Em Salekhard, Rússia central-norte, onde a noite polar dura em média 150

dias, é frequente assistir-se aos efeitos espectaculares da aurora boreal...



publicado por Evaristo Ferreira às 14:42 | link do post | comentar

mais sobre mim
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

FIM DE CICLO...

A ENTREVISTA DE SÓCRATES

SÓCRATES NA RTP

PASSOS DE JOELHOS

DESCRÉDITO TOTAL

COM PAPAS E BOLOS...

É A ECONOMIA, ESTÚPIDO!

OS PROFETAS DOS "MERCADOS...

QUE SE LIXE O "PÚBLICO"

OS PAPAGAIOS DO COSTUME

arquivos

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

links
blogs SAPO
subscrever feeds