Quarta-feira, 14 de Dezembro de 2011

O canal por cabo SIC-Notícias, de Pinto Balsemão -- militante número um do PSD

e seu fundador -- «acomodou» ontem à noite mais uma entrevista ao primeiro-ministro Passos Coelho. Há uma semana, o PM havia concedido uma entrevista à SIC, o canal generalista de Balsemão, tendo sido José Gomes Ferreira o grande «inquiridor» de Passos Coelho. Zé Gomes Ferreira delirou durante meia hora, fazendo perguntas cuja resposta estava sub-jacente. Desta vez, na SIC-N,  os «inquiridores» foram Martim Cabral, que esteve sóbrio, e Nuno Rogério, que passou parte do tempo a snifar e roçar-se na cadeira, ao mesmo tempo que parecia delirar, como se estivesse na «casa do tio Coelho». Rogeiro perdeu a noção do rídiculo, e resvalou para o esgar apalhaçado, enquanto Martim Cabral ia marcando o «ponto à mesa». Esta gente, para agradar ao amo Balsemão, faz fretes a preço de saldo, fazendo campanha a favor deste Governo, e vomitando, de vez em quando, o veneno de réptil rastejante contra Sócrates. O «inquiridor» Nuno Rogeiro, num esgar aparvalhado, ainda perguntou a Passos Coelho, a propósito do défice, se tambem ele concordava que «pagar a dívida era coisa de criança», mas Passos Coelho nem lhe respondeu, porque Martim Cabral logo atalhou com uma pergunta, á qual todos os portugueses gostariam que o primeiro-ministro respondesse... Com tanta entrevista, solicitado pelos seus acólitos, Passos Coelho arrisca a transformar-se em «moeda gasta pelo uso corrente».

 

No «campo» das entrevistas, a estrela agora é o Governador do Banco de Portugal,

Carlos Costa, Carlos da Silva Costa. O Governador, para se exprimir, na maioria dos casos, utiliza a linguagem do futebol. Ontem, ao falar sobre a última Cimeira Europeia, disse que «é como se estivessemos numa eliminatória a duas mãos», a propósito dos resultados da reunião em Bruxelas. E acrescentou: «ganhamos a primeira mão à justa e estamos bem posicionadas para o próximo jogo». Um discurso edificante, técnico, que diz bem da qualidade do trabalho deste senhor. Carlos Costa está na berra. Está em sintonia com o Governo, e manda recados a todos. Há duas semanas, numa audiência aos deputados, que pediram a sua presença em S. Bento, Carlos Costa mostrou como é «infalível», ditador e sabedor de finanças, como não há outros. Ao falar sobre o efeito do aumento das taxas de juro no investimento e no consumo privado, debitou um palavrão economês, chamado Crowding-out, que depois foi contraditado pelo deputado socialista João Galamba. Foi o bastante para o «técnico» Carlos Costa mandar calar o deputado, acusando-o de ser ignorante, e de nem saber o que é o efeito Crowding-out, acresceutou Carlos Costa. Foi uma peixeirada ao nível da linguagem futebolística... O técnico Carlos Costa ultrajou a «Casa da Democracia» e um dos deputados da Nação, eleito por sufrágio directo para estar naquela casa a defender quem o elegeu. Mas o narcisismo de Carlos Costa não lhe permitiu vislumbrar o erro grosseiro que cometeu. Não gostou do contraditório, e não pediu desculpa... Entretanto, corre por aí um abaixo-assinado exigindo a Carlos Costa, Governador do Banco de Portugal, que peça desculpas a João Galamba, pela atitude grosseira com que respondeu ao deputado do PS.  A vertigem do «vedetismo» apoderou-se dos burocratas, que se deixaram fascinar pelas televisões. Como Prima-Donas, acabam por fazer asneira, da grossa.

O Governador do Banco de Portugal não admite ser contraditado pelos deputados...

 

 



publicado por Evaristo Ferreira às 15:08 | link do post | comentar

mais sobre mim
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

FIM DE CICLO...

A ENTREVISTA DE SÓCRATES

SÓCRATES NA RTP

PASSOS DE JOELHOS

DESCRÉDITO TOTAL

COM PAPAS E BOLOS...

É A ECONOMIA, ESTÚPIDO!

OS PROFETAS DOS "MERCADOS...

QUE SE LIXE O "PÚBLICO"

OS PAPAGAIOS DO COSTUME

arquivos

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

links
blogs SAPO
subscrever feeds