Segunda-feira, 21 de Novembro de 2011

Este Governo vai gerindo os seus problemas, e os do país, aos zig-zagues.

Nota-se uma clara descoordenação sempre que um dos ministros de Passos Coelho vem anunciar qualquer medida. O minstro da Economia veio dizer que 2012 seria «o fim da crise», mas horas depois acabou por dizer o contrário. O ministro das Finanças tambem já havia afirmado que no final de 2012 seria «o início da recuperação", mas teve que rectificar a sua «previsão» no dia seguinte. O ministro do Ensino -- que prometeu «implodir o ministério da Educação" -- depois de prometer que não ia fechar mais escolas, acabou por rectificar o seu discurso, e anunciou o fecho de mais 230 escolas do ensino básico. O ministro da Propaganda, Miguel Relvas, prometeu privatizar a RTP, mas acabou por negar o que disse, mantendo a actual Direcção da Televisão Pública, e ficando-se apenas pela «reestrururação» da RTP. O primeiro-ministro Passos Coelho, iniciou o seu mandato com a ideia peregrina de que um corte de 4 a 8% na TSU, seria importante para a competitividade das nossas empresas, mas acabou por recusar o «ensaio» desta medida, defendida por Eduardo Catroga, o guru liberal que apareceu na SIC Notícias a «falar de pentelhos». Com todos estes zig-zagues, o Governo mostra descoordenação, falta de ideias credíveis. Ficamos com a sensação de que o Governo não tem timoneiro, e que cada ministro ou Secretário de Estado puxa a brasa à sua sardinha. O que aconteceu com a divulgação do projecto de «novas tabelas salariais» para a Função Pública, é prova do desnorte deste Governo. Passos Coelho, depois de ter ido ao beija-mão de Angela Merkel, passou a negar a necessidade da UE emitir eurobonds para, com esse instrumento, se poder resgatar a dívida dos países em crise. Ora bem, com a ideia em desenvolvimento, vinda da Comissão Europeia, de que aquela medida é a arma eficaz para resolvermos a crise do euro e das dívidas soberanas, como vai Passos Coelho votar, se esta decisão for posta a votação: vai aceitar, ou vai rejeitar? O documento será apresentado por Durão Barroso, na próxima quarta-feira.

Neste Outono frio e chuvoso, a Europa vive dias de indecisão e de ruina da sua economia...



publicado por Evaristo Ferreira às 14:41 | link do post | comentar

mais sobre mim
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

FIM DE CICLO...

A ENTREVISTA DE SÓCRATES

SÓCRATES NA RTP

PASSOS DE JOELHOS

DESCRÉDITO TOTAL

COM PAPAS E BOLOS...

É A ECONOMIA, ESTÚPIDO!

OS PROFETAS DOS "MERCADOS...

QUE SE LIXE O "PÚBLICO"

OS PAPAGAIOS DO COSTUME

arquivos

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

links
blogs SAPO
subscrever feeds