Segunda-feira, 31 de Outubro de 2011

Hoje, o meu espírito, está cinzento. Está igual ao clima, neste dia das Bruxas

(Alloween): cinzento, morno, sem vento nem brilho. O clima influencia o comportamento das pessoas. Já Richard Wagner, no século XIX, escrevia a um amigo, desculpando-se com o clima: "se eu vivesse no sul de Itália, certamente criaria mais óperas do aqui, em Zurique". Os invernos helvéticos são muito duros, e os de Itália são muito amenos. Tudo isto, vem a propósito do cinzentismo político que estamos a viver. Cá dentro, aguardamos pela aprovação do OE, que vai dar "pano para mangas". A nível da UE, esperamos pelas decisões do G-20, para melhor avaliarmos como vai ser feito o aumento do Fundo Europeu de Estabilidade Financeira (EEF), que passa de 440 mil milhões para 1 bilião .(Ontem o Professor Marcelo, na sua homília televisiva, referiu 2 biliões para o FEEF e 12,2 mil milhões o valor disponibilizado pela Troika para a recapitalização da banca, quando o valor é tão só de 12 mil milhões... Duas gaffes do Professor Marcelo, que parece sofrer de dislexia verbal). À margem destes fait-divers, anote-se o que aconteceu na Cimeira Ibero-Americana, e que os meios de comunicação afectos (todos) ao Governo, deixaram passar: o México aderiu ao Magalhães, e terá feito uma encomenda gorda destes PCs a Portugal, e apresentado uma parceria com a empresa J.P. Sá Couto, fabricante do Magalhães, para a instalação de uma fábrica de PCs no México... Ainda me lembro, quando há dois anos, na Cimeira anterior, José Sócrates apresentou o Magalhães, como ferramenta para o ensino escolar... Acusaram Sócrates de ser "caixeiro viajante"!... Foram os mesmos que agora aceitaram a encomenda do México... Outro tanto aconteceu em Caracas, para onde viajou o ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas. Concluida a construção da segunda fase da refinaria de Sines, a Petrogal está em condições de refinar 1 milhão de barris de crude, fornecido pela Venezuela, sendo a mais-valia da parte portuguesa, para a CGD, que depois financiará o pagamento das exportações portugueses para aquele país. Pois é esta gente, que dizia "cobras e lagartos" de Hugo Chaves, que tratava José Sócrates por "o meu amigo Sócrates", que agora se verga, para assinar os contratos firmados pelo então primeiro-ministro José Sócrates -- o único político que fomentou uma "política de exportações" capaz de tirar este país da crise que assolou Portugal, a Europa e o Mundo, vinda do outro lado do Atlântico, ou seja, dos EUA. Este Governoo de neoliberais, ainda nada fez pelo crescimento económico. Todos os negócios e contratos, anunciados nos últimos dias, são obra de José Sócrates. Não são desta gente. Que tudo fizeram para chegar ao "pote", mas ainda nada fizeram pelo crescimento económico do país... Isto, aliado a este dia cinzento, deixa-me triste, revoltado, enxofrado...



publicado por Evaristo Ferreira às 15:11 | link do post | comentar

mais sobre mim
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

FIM DE CICLO...

A ENTREVISTA DE SÓCRATES

SÓCRATES NA RTP

PASSOS DE JOELHOS

DESCRÉDITO TOTAL

COM PAPAS E BOLOS...

É A ECONOMIA, ESTÚPIDO!

OS PROFETAS DOS "MERCADOS...

QUE SE LIXE O "PÚBLICO"

OS PAPAGAIOS DO COSTUME

arquivos

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

links
blogs SAPO
subscrever feeds