Quinta-feira, 29 de Setembro de 2011

São algumas as vozes que se colocam ao lado do soba da Madeira

(sempre que se fala do "colossal buraco" nas contas do Arquipélago), para defender Jardim e desvalorizar o montante da dívida por ele engendrada. Os defensores de Alberto João tudo fazem para diliur o efeito do enorme endividamento, desde compararem o valor da dívida com a dos Açores ou a do Continente, até invocarem os custos da insularidade. Estes avantesmas empedernidos pululam na área do jornalismo, da construção, do turismo, e, naturalmente, na política, como é o caso de Carlos Abreu Amorim (CAA), o mesmo que se recusou a avaliar a acção do Governo, por pensar que ainda era cedo e temer, por via disso, uma "ejaculação precoce". O ex-blasfemo CAA, defende o jardinismo com tanto fervor que até range os dentes...

Para desmistificar a "comparação das contas da Madeira com a dos Açores" convém termos em atenção os seguintes dados estatísticos:

 

MADEIRA : - Este arquipélago é constituido por 2 ilhas habitáveis (Madeira e Porto Santo), com uma área de 801 kms quadrados. Tem 268.000 habitantes e um rendimento per capita de 20.761 euros (dados de 2009) e uma dívida (até agora escondida) suprior a 5,800 mil milhões de euros.

 

AÇORES : - O arquipélago açoreano é constituido por 9 ilhas habitáveis, com uma área de 2.323 kms quadrados. Tem uma população de 246.000 habitantes, com um rendimento per capita de 15.123 euros (dados de 2009) e uma dívida de 1,300 mil milhões de euros.

 

Como se pode verificar, a Madeira é a Pérola, e os Açores são

9 ilhas dispersas no Atlântico Norte. Para uma população quase igual, a Madeira vai ter que cortar (Troika oblige) 2% dos 31.000 funcionários públicos; os Açores têm apenas 18.600 funcionários (em 9 ilhas!) e não seria justo ter que cortar tambem 2%. O Governo Regional e Central já acordaram num corte mais justo.

O "buraco colossal" da Madeira ainda vai dar muito que falar. Vai haver um bailinho de vestais em redor do dinossauro Jardim para o proteger de ataques feitos pelos adversários políticos, locais e nacionais. É útil sabermos estar preparados para responder às abéculas do costume.

 



publicado por Evaristo Ferreira às 14:40 | link do post | comentar

mais sobre mim
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

FIM DE CICLO...

A ENTREVISTA DE SÓCRATES

SÓCRATES NA RTP

PASSOS DE JOELHOS

DESCRÉDITO TOTAL

COM PAPAS E BOLOS...

É A ECONOMIA, ESTÚPIDO!

OS PROFETAS DOS "MERCADOS...

QUE SE LIXE O "PÚBLICO"

OS PAPAGAIOS DO COSTUME

arquivos

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

links
blogs SAPO
subscrever feeds