Segunda-feira, 1 de Agosto de 2011

A tres meses das eleições regionais, Alberto João Jardim ameaçou

ontem, durante o arraial no Chão da Lagoa, que abandonará a política se perder a maioria parlamentar nas próximas eleições do arquipélago. Depois de tantos ameaços, é bem provável que o soba da Madeira perca a maioria, e abandone de vez a vida partidária. Os últimos tempos não têm corrido bem ao senhor Jardim. As inundações de Fevereiro de 2010 foram o início da queda, depois seguiu-se o Congresso do PSD, em Mafra, onde se "afastou" de Passos Coelho para se colocar ao lado do querubim Paulo Rangel. Este, perdeu para Passos Coelho e Jardim ficou "entalado" na opção que acabara de fazer. Depois, acabou por receber Passos Coelho na Quinta da Vigia, já como presidente do PSD. Este ano, pensava "negociar" os tres deputados, saídos das eleições legislativas nacionais, mas a maioria formada pelo PSD/CDS excede, largamente, a maioria de votos na AR, pelo que os tres deputados da Madeira não têm peso negocial. A Madeira, que tem cerca de 267 mil habitantes, tem uma dívida de 700 milhões de euros, herança de 35 anos de jardinismo. Com o plano da troika, a dívida da Madeira não tem "acomodação" no Programa de Governo liderado por Passos Coelho. O tempo não está a favor de Jardim. As sondagens já não lhe dão "maiorias". O CDS, pela mão do deputado José Manuel Rodrigues, pode jogar forte na queda do soba. O jardinismo está a acabar... E, da parte do PSD-M, não se encontra ninguem para substituir o "ditador" que, ao longo de 35 anos, não soube preparar o seu sucessor. Jardim não admitia que alguém lhe fizesse sombra. Agora, o cacique está velho e cansado e à sua volta todas as "árvores" secaram. Jardim já teve um abalo de coração, tendo sido obrigado a largar o charuto e a cortar nas ponchas da festa no Chão da Lagoa. Todos os "ditadores" têm um final dramático. Este continua a insultar tudo e todos, a falar dos "gajos do contenente", dos "comunas do contenente" que "querem cercear a autonemia da Madeira". Mas não será por muito mais tempo. Porém, a vingança final do dinossauro madeirense, será terrível para o Contenente. Pode perturbar a actual coligação governamental, levando mesmo à queda do Governo. Este poderá ser o último acto, encenado pelo soba da Madeira.

Protesto de suinicultores realizado às portas da Bolsa de Milão...



publicado por Evaristo Ferreira às 14:44 | link do post | comentar

mais sobre mim
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

FIM DE CICLO...

A ENTREVISTA DE SÓCRATES

SÓCRATES NA RTP

PASSOS DE JOELHOS

DESCRÉDITO TOTAL

COM PAPAS E BOLOS...

É A ECONOMIA, ESTÚPIDO!

OS PROFETAS DOS "MERCADOS...

QUE SE LIXE O "PÚBLICO"

OS PAPAGAIOS DO COSTUME

arquivos

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

links
blogs SAPO
subscrever feeds