Sexta-feira, 6 de Maio de 2011

O PSD e o CDS, acolitados pela extrema-esquerda, na impossibilidade

de fazerem frente ao dinamismo, à determinação e à coragem de José Sócrates, optaram, desde 2005, por usar a técnica "uma mentira cem vezes propalada, acaba por parecer verdadeira", pensando eles que o povo eleitor não tem memória, é "calaceiro e burro" (Vasco Graça Moura, dixit). Na verdade o PSD e o CDS, nos últimos seis anos, não fizeram outra coisa senão caluniar José Sócrates, descredibilizar a sua figura, atingir o seu carácter, demolir a sua carreira política. Sempre pelo lado da mentira, com rasteirice sacana, chamando-lhe mentiroso até à exaustão, acusando-o de ser o responsável pela crise financeira e económica mundial, que atingiu o nosso país, por efeito sistémico do sub-prime americano. O líder do CDS, em pleno Parlamento, apelou a Sócrates para este se demitir, devido ao estado em que o país se encontrava, por sua exclusiva causa! -- dizia Paulo Portas.  A Velha Senhora, que esperava ganhar as eleições de 27/Setembro de 2009 por maioria, foi derrotada por Sócrates, apesar dela ter o guião "da honestidade", do "falar verdade", da "asfixia democrática". "Não precisa fazer mais, pois Sócrates está "queimado"-- diziam ao ouvido da Velha Senhora os conselheiros que a rodeavam. Integrada nesta campanha, foi ainda urdida a cabala das "escutas a Belém".

 

A desonestidade intelectual, a mentira, o ataque zoez, foram armas

usadas contra Sócrates, pela direita, mas tambem pela esquerda. Direita e esquerda uniram-se contra José Sócrates e o PS, no intuito de tirarem dividendos eleitorais. A última das "cartadas" foi a "revogação do avaliação dos professores", justamente horas antes da dissolução da AR... Toda a oposição queria agradar aos professores, esperando receber deles, em troca, uns milhares de votos no dia 5 de Junho... Até onde chegou o descaramento, a desfaçatez, o cambão político entre forças opostas!...

 

Hoje foi publicada uma sondagem com o retrato da vontade dos

portugueses: PS 36, PSD 34, CDS 10, PCP 8 e BE 5,  por cento. Qual será a resposta, da parte da oposição, a estes resultados? Vão todos dizer que o povo português é "calaceiro e burro" -- como disse o alucinado linguísta, Vasco Graça Moura? Eu continuo a pensar que o nosso povo sabe ouvir, sabe pensar, tem descernimento, é justo e gosta de jogo limpo.

 



publicado por Evaristo Ferreira às 14:49 | link do post | comentar

mais sobre mim
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

FIM DE CICLO...

A ENTREVISTA DE SÓCRATES

SÓCRATES NA RTP

PASSOS DE JOELHOS

DESCRÉDITO TOTAL

COM PAPAS E BOLOS...

É A ECONOMIA, ESTÚPIDO!

OS PROFETAS DOS "MERCADOS...

QUE SE LIXE O "PÚBLICO"

OS PAPAGAIOS DO COSTUME

arquivos

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

links
blogs SAPO
subscrever feeds