Quinta-feira, 14 de Abril de 2011

Sinto-me indignado com a chinfrineira que vai nas hostes do PSD.

Com a ânsia de chegar à mesa do poder, tudo têm feito para o conseguir, mas de modo atabalhoado, sem critérios de honestidade, sem "verdade", sem experiência nem sentido de Estado. Corre nos "mentideros" que o Senhor dos Passos foi confrontado com este dilema: "ou o país vai para eleições, ou então teremos novas eleições no PSD". A ser verdade o que dizem, fica claro que Passos Coelho foi encostado à parede. Ele foi pressionado pelos boys, girls e barões do partido, para criar "uma crise política", donde resultaria a demissão do Governo. E assim foi, rejeitou o PEC4, mentiu ao dizer que Sócrates não o havia informado deste pacote de austeridade, e arrastou o país para esta trágica situação financeira. Passos Coelho não resistiu ao apêlo dos boys. E Cavaco Silva passou mudo, e mudo se mantem, sem mostrar a "magistratura de influência" prometida durante as eleições. Falta saber a razão pela qual os "senadores" do PSD se estão a afastar de Passos Coelho, sabendo-se que este teve negas de Ferreira Leite, António Capucho, Marques Mendes, Luis Filipe Menezes e Fernando Nogueira para serem cabeças de lista por Lisboa ou pelo Porto... Tudo leva a crer que a liderança de Passos Coelho está a ser boicotada. Mal para Passos, mal para a democracia, pior para o país...

O PSD não tem emenda.

A par de toda esta "ópera bufa", Passos Coelho, com a sua falta de experiência e de mal aconselhado estar, está a agitar as águas do pântano, quando o país se encontra com a corda na garganta, quando os nossos credores já não nos emprestam dinheiro, e quando a troika FEEf/BCE/FMI está em Lisboa, a vascular o Estado para decidir qual vai ser o diagnóstico do qual resultará uma "cura" dolorosa e prolongada. Mas neste entretanto, tal como se fosse um menino birrento, Passos Coelho traz para a praça pública a notícia de que pediu ao Governo uma série de 40 pergunstas sobre o "estado a que isto chegou"... Justamente quando o FMI se instalou no Ministério das Finanças... Isto é um tiro no pé (do país), um sinal de irresponsabilidade política, um desvario de loucos... E não haverá ninguem responsável na São Caetano à Lapa?!...

(Abstenho-me de citar Passos Coelho no que respeita a "esqueletos no armário" (de quém, do cavaquismo?) e de "gatos com o rabo de fora", pelo seu irrealismo, falta de bom senso, muito azedume e demasiada criancice. Isto é de garotos, não de políticos responsáveis).



publicado por Evaristo Ferreira às 18:01 | link do post | comentar

mais sobre mim
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

FIM DE CICLO...

A ENTREVISTA DE SÓCRATES

SÓCRATES NA RTP

PASSOS DE JOELHOS

DESCRÉDITO TOTAL

COM PAPAS E BOLOS...

É A ECONOMIA, ESTÚPIDO!

OS PROFETAS DOS "MERCADOS...

QUE SE LIXE O "PÚBLICO"

OS PAPAGAIOS DO COSTUME

arquivos

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

links
blogs SAPO
subscrever feeds