Terça-feira, 29 de Março de 2011

O PSD, na ânsia de chegar à mesa do poder, provocou uma crise política que está a afectar profundamente o país, não apenas no sector financeiro, mas tambem na economia em geral. Depois da queda do Governo, os juros da dívida têm subido sem parar, a República sofreu um downgrade por parte das agências de rating, tendo como resultado o agravamento das condições para o Governo se financiar. Os cinco maiores bancos nacionais foram penalizados com descida do rating, colocando o maior banco português, o Millennium BCP, ao nível considerado de "junk", ou seja, "lixo". A nossa banca não vai poder financiar-se, e, os nossos empresários, por via disso, tambem não vão poder acorrer ao crédito, para investir, comprar matéria prima, e criar mais postos de trabalho. As empresas públicas (a Carris, o Metro, a Refer, a Transtejo e a CP) tambem sofreram um downgrade no rating das suas dívidas, não podem agora financiar-se, e terão dificuldade em assumir o pagamento dos ordenados do pessoal. Até as empresas cotadas no índice principal (o Euronext Lisboa), a Brisa, a EDP, e EDP Renováveis foram penalizadas, sendo agora mais difícil obter crédito para investimentos. Com tudo isto, com o consumo interno a descer e as exportações a abrandar, o país vai acentuar a recessão provocada por medidas de austeridade, agravando o défice das contas públicas...

Haverá soluções para evitar esta derrapagem? A oposição disse que sim, e propõe mais cortes, e até o recurso ao FMI... Aliás o resgate pelo FMI serviria para "sacudir a água do capote", para se desculparem com a "receita" do FMI. O PSD até está a "adoçar a pilula", propagando a ideia de que o país não deve temer o FMI, pois o país faz parte do mesmo, é sócio cooperante. Tudo bem, mas não dizem o quanto nos custaria aceitar os "remédios" propostos pelo guardião do capitalismo sem rosto. Razão tem Lula da Silva, ex-presidente do Brasil, ao dizer hoje na Universidade de Coimbra que o "FMI não resolve o problema, só agrava a situação". Lula sabe do que fala... ele que resgatou o Brasil das garras do FMI, pagando a tranche de 14,5 mil milhões de dolares. Hoje o Brasil tem excedentes, ou seja, 300 mil milhões de dolares em reservas.

A irresponsabilidade dos boys, girls, barões e baronesas do PSD colocou o país à beira do abismo.

 



publicado por Evaristo Ferreira às 14:56 | link do post | comentar

mais sobre mim
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

FIM DE CICLO...

A ENTREVISTA DE SÓCRATES

SÓCRATES NA RTP

PASSOS DE JOELHOS

DESCRÉDITO TOTAL

COM PAPAS E BOLOS...

É A ECONOMIA, ESTÚPIDO!

OS PROFETAS DOS "MERCADOS...

QUE SE LIXE O "PÚBLICO"

OS PAPAGAIOS DO COSTUME

arquivos

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

links
blogs SAPO
subscrever feeds