Terça-feira, 15 de Março de 2011

Os portugueses que não vão em futebóis, vivem preocupados com a crise social derivada da crise económica, enquanto os partidos da oposição, em vez de apresentarem soluções credíveis para resolver o problema do défice e da dívida pública, apenas tratam de levar a água ao seu moinho, e de culpar o Governo por tudo o que de mal vai acontecendo pela Europa fora. Para os partidos do "arco governamental", o que mais os preocupa é o derrube do Governo, dirigido por José Sócrates. Esta é a preocupação do PSD e do CDS. Quanto ao PCP e ao BE já sabemos que não estão interessados em governar. Apenas têm como objectivo manter ou aumentar o número de deputados e contestar as medidas "capitalistas e liberais" tomadas pelos partidos do "arco governamental". A presente situação atingiu o climax, e, por isso, cabe agora ao Presidente da República e à oposição, resolver o impasse político que se adivinha, ao serem rejeitadas as medidas deausteridade negociadas pelo Governo em Bruxelas. Até ao final deste mês, vamos ter dias frenéticos, sobretudo para o primeiro-ministro. Vejamos o que nos espera:

1) Hoje, dia 15, os ministros das finanças reunem-se em Bruxelas para acertar a reforma do Fundo Europeu de Estabilização Financeira;

2) Amanhã, dia 16, o Parlamento debate as medidas do novo PEC com o Governo; o Tesouro coloca dívida nos "mercados";

3) Dia 17, Cavaco Silva recebe em audiência Passos Coelho; como é quinta-feira, José Sócrates vai a Belém para despacho;

4) Dia 18, sexta-feira, haverá debate quinzenal no Parlamento com a presença do primeiro-ministro;

5) Dia 19, a CGTP organiza uma Manifestação contra o Governo;

6) Dia 21, segunda-feira, a Direcção-Geral do Orçamento publica os números da Execução Orçamental de Fevereiro;

7) Dia 23, último dia para discussão do novo PEC, um dia antes do Conselho de Ministros da UE;

8) Dia 24, abertura do Conselho Europeu para fechar o pacto de competitividade e a reforma do Fundo Europeu de Estabilização Financeira;

9)Dia 28, segunda-feira, reacção dos "mercados" ao resultado do Conselho Europeu e evolução da taxa de juros para Portugal.

Com tudo isto, não é fácil fazer prognósticos quanto ao futuro. O país exige o nosso esforço. Mas há gente que se preocupa mais com futebol ou com os interesses partidários, deixando o país para segundo ou terceiro plano.



publicado por Evaristo Ferreira às 15:02 | link do post | comentar

mais sobre mim
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

FIM DE CICLO...

A ENTREVISTA DE SÓCRATES

SÓCRATES NA RTP

PASSOS DE JOELHOS

DESCRÉDITO TOTAL

COM PAPAS E BOLOS...

É A ECONOMIA, ESTÚPIDO!

OS PROFETAS DOS "MERCADOS...

QUE SE LIXE O "PÚBLICO"

OS PAPAGAIOS DO COSTUME

arquivos

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

links
blogs SAPO
subscrever feeds