Sexta-feira, 30 de Novembro de 2012

Um grupo de 78 notáveis cidadãos dirigiu uma carta ao primeiro-ministro

pedindo-lhe para se demitir. Claro que Passos Coelho não vai seguir o conselho daqueles patriotas, por tres razões. Primeiro, porque Passos Coelho está obcecado em destruir o Estado Social, herança deixada pela Revolução de Abril. Segundo, porque Passos Coelho não tem a percepção do sofrimento que está a causar à maioria dos portugueses. Terceiro, porque Passos Coelho está alucinado por efeito dos resultados obtidos pelo seu Governo -- que são desastrosos, mas que ele acha que são milagrosos. Alem deste estado de paranóia refundadora, Passos Coelho continua a receber apoios (minoritários, mas de peso), cá dentro e lá fora. E é para corresponder a esses apoios, que Passos Coelho continua a trilhar o caminho do abismo. Cá dentro, tem o apoio das polícias e dos militares, a quem ja prometeu aumentos de 11,4% em 2013. Tambem tem os protestos dos trabalhadores, dos reformados e de alguns pequenos empresários. Mas essa gente não preocupa Passos Coelho, nem teme por uma revolução, pois conta com as forças de segurança para o proteger. Por tudo isto, faz sentido que o povo se organize em grupos de pressão, por forma a clarificar a situação política, e a levar à queda do Governo. A Carta dos 78 é uma boa arma de guerrilha para se alcançar esse objectivo. Outras "armas" é preciso inventar para intensificar a onda de repúdio que vai crescendo de dia para dia, contra o Governo neoliberal. Quanto à estrela de Belém, está morta, perdeu o brilho. (Um aparte: segundo informação que me foi prestada, o chefe da casa civil, mandou comprar seis caixas de remédios contra a prisão de ventre. A doença é incómoda, e pode provocar a fobia das multidões).

Continua a nevar em Moscovo. A Grécia foi assolada por chuvas torrenciais.



publicado por Evaristo Ferreira às 15:09 | link do post | comentar

3 comentários:
De Francisco Clamote a 30 de Novembro de 2012 às 19:40
Contra este governo, lutar, lutar!


De observador atento a 1 de Dezembro de 2012 às 00:24
Como é possível que se diga no vosso comentário, que o maior aldrabão de que há memória em Portugal, tenha o apoio de militares e policias, quando estas forças, à semelhança dos demais cidadãos se manifestam na praça publica, contra a desastrosa politica deste governo. Porque não se informam convenientemente dos aumentos orçamentais dados aos ministérios e para que servem?!... Será que é mesmo para aumentos salariais dos respectivos funcionários ou para aquisição de equipamentos para repressão do povo?!... Dividir para reinar, é o lema do governo e o autor deste artigo, parece querer contribuir para isso, falando daquilo que não sabe.


De Evaristo Ferreira a 3 de Dezembro de 2012 às 13:11
Obrigado pelo seu comentário.
Sou um leitor atento de jornais nacionais e internacionais, em papel e online. A informação que tenho, sobre os aumentos às forçad de segurança, é a de que se destinam a promoções e pagamento de horas extra em serviço. Um aumento em tempo de crise. No caso dos miliatres sim, pode haver verbas que se destinem a outros custos operacionais.


Comentar post

mais sobre mim
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

FIM DE CICLO...

A ENTREVISTA DE SÓCRATES

SÓCRATES NA RTP

PASSOS DE JOELHOS

DESCRÉDITO TOTAL

COM PAPAS E BOLOS...

É A ECONOMIA, ESTÚPIDO!

OS PROFETAS DOS "MERCADOS...

QUE SE LIXE O "PÚBLICO"

OS PAPAGAIOS DO COSTUME

arquivos

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

links
blogs SAPO
subscrever feeds