Quarta-feira, 2 de Fevereiro de 2011

Baptista-Bastos, o escritor, mas tambem o "comentador-prosador" a recibos verdes, vem hoje no DN zurzir no PS.  "Segundo ouvi[u] dizer o PS vai promover um congresso", escreve B-B, o último abencerragem ligado ao PCP. Ele não lê jornais, não lê os outros, só ^gosta de ler o que ele próprio escreve. Ele sabe do congresso do PS, por que "alguém lhe disse". Ora bem, convém ter em conta que o "comentador-prosador" B-B, sendo militante do PCP, faz "negócio" com qualquer jornal (de direita ou de esquerda), desde que seja bem pago pelos seus comentários. B-B factura para o Jornal de Negócios, dilatando, assim, o ideal comunista até aos arautos do capitalismo. Falta saber quantos leitores do JN estarão interessados nas ideias de B-B que, por certo, não defenderá os negócios capitalistas.

"Que vai o PS discutir?" -- interroga-se B-B. "Com rigôr [o PS], deixou, há muito, de ser socialista, de alimentar e estimular a ideia socialista, incapaz de reagir ao desmoronamento da União Soviética..." escreve B-B, lamentando que o PS não tenha travado a queda do comunismo, do Muro de Berlim.  B-B fez as suas contas pós-eleitorais e concluiu que 70 por cento dos socialistas não votaram Manuel Alegre. Lamentável, "a indignação torna-se numa violenta náusea", acrescenta B-B-.  Este "último abencerragem" do Muro de Berlim termina a sua prosa afirmando que "o PS nada contém de socialismo. [...] O Congresso será a coroação de José Sócrates, a grande rábula comum às encenações desta natureza", remata o "comentador-prosador" B-B.  Que diria ele sobre os congressos do PCP?  Que diria ele dos comunistas, mais de uma dezena, que abandonaram o PCP por acharem que o partido cristalizara, e a sua direcção era incapaz de promover o seu aggiornamento?  Será que B-B já esqueceu ou omitiu os "comunistas renovadores"?  Ao criticar o PS, B-B está a atirar pedras "aos telhados de vidro do PCP".  No Portugal de hoje, se não tivessemos o PS, que seria feito do Estado Social, do Serviço Nacional de Saúde, da Escola Pública, dos apoios sociais?  Certamente que não seria o peso numérico do PCP, na Assembleia da República, que iria travar a direita revanchista e reformista, desejosa de acabar com o Estado Social.

Os comentários de B-B alegram à direita, e descredibilizam à esquerda. Em tempos de crise, quando "casa onde não há pão todos ralham e ninguém tem razão", todos nós devíamos meditar antes de criticar... Ou os comunistas já esqueceram a "luta anticapitalista", as origens do vendaval financeiro, vindo dos States, que arrasou todas as economias europeias?

B-B sempre gostou de posar para as fotos.



publicado por Evaristo Ferreira às 14:53 | link do post | comentar

mais sobre mim
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

FIM DE CICLO...

A ENTREVISTA DE SÓCRATES

SÓCRATES NA RTP

PASSOS DE JOELHOS

DESCRÉDITO TOTAL

COM PAPAS E BOLOS...

É A ECONOMIA, ESTÚPIDO!

OS PROFETAS DOS "MERCADOS...

QUE SE LIXE O "PÚBLICO"

OS PAPAGAIOS DO COSTUME

arquivos

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

links
blogs SAPO
subscrever feeds