Sexta-feira, 2 de Novembro de 2012

Esta gente que nos governa já não tem legitimidade para o fazer.

O Governo presidido por Passos Coelho-Vitor Gaspar-Paulo Portas perdeu toda a legitimidade para continuar a governar este país. Passos Coelho prometeu não aumentar impostos nem desmantelar o Serviço Nacional de Saúde, o Ensino Público e a Segurança Social. Foi com este caderno de encargos que o eleitorado o elegeu para ser primeiro-ministro. Ao violar as promessas feitas ao povo que o elegeu, Passos Coelho não está em condições de continuar a governar. O que Passos Coelho está a fazer, é uma fraude. O país precisa de encontrar uma solução para correr com esta "gente desonesta". Neste momento, Passos Coelho e os seus ministros já não controlam a situação. O Governo é manipulado pelos ministros-sombra, pelos senhores do FMI e pelos banqueiros e empresários da direita radical. Esta espécie de vassalos do Governo, de quem esperam benesses, está reresentada pelo "bancário" Fernando Ulrich ("O povo aguenta mais impostos. Ai aguenta, aguenta!") e pelo ex-dirigente da CIP, o senhor Vanzeller ("Os salários têm que descer, ainda mais"). A par destes "abutres", outra espécie de gente há, que defende este Governo de neoliberais. Nas televisões, está o Marques Mendes, conselheiro de Estado, que avança com as medidas do Governo, antes deste as apresentar ao país; está o Professor Marcelo, que tudo faz para ser candidato à PR pelo PSD, e já afirmou que quem "cortou 50% do subsídio de Natal em 2011, foi José Sócrates", mentindo assim, com todos os dentes; está o seboso Mário Crespo, que convida sempre alguem do Governo para ajudar a malhar na oposição; e estão a maioria dos jornalistas que, asfixiados pelo poder económico, não querem perder o seu emprego; e depois ainda há os "funcionários" da Troika, que ajuda Passos Coelho a "refundar" o que ele prometeu, e nunca teve a coragem de fazer: o "corte nas gorduras do Estado" e nos "custos intermédios". Neste momento, Portugal é governado por "funcionários" do FMI, função da qual se demitiu o Governo de Passos Coelho. Chegámos a este "golpe democrático", engendrado por esta "gente desonesta".

EM PLENO DIA... (Cartoon de António no Expresso).



publicado por Evaristo Ferreira às 12:56 | link do post | comentar

mais sobre mim
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

FIM DE CICLO...

A ENTREVISTA DE SÓCRATES

SÓCRATES NA RTP

PASSOS DE JOELHOS

DESCRÉDITO TOTAL

COM PAPAS E BOLOS...

É A ECONOMIA, ESTÚPIDO!

OS PROFETAS DOS "MERCADOS...

QUE SE LIXE O "PÚBLICO"

OS PAPAGAIOS DO COSTUME

arquivos

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

links
blogs SAPO
subscrever feeds