Quinta-feira, 27 de Setembro de 2012

Continuamos a assistir à cacofonia que reina entre os membros deste Governo.

Apesar das bases terem criado a Comissão para Coordenação da Coligação, e, certamente a actividade deste Governo, a verdade é que continua a verificar-se uma total descoordenação nos discursos ministeriais e do próprio primeiro-ministro. Não se entendem, não mostram ter aptidão para a política, não têm experiência governativa. Repare-se no discurso contraditário relacionado com a privatização de parte ou do todo da CGD. Todos lançam bitaites, desencontrados, mostrando que ninguem tem uma ideia, um estudo sobre o assunto. Este é o ponto forte deste Governo: não tem uma ideia para sairmos da crise, a não ser cortar no rendimento dos portugueses; fazem uns cálculos aritméticos para controlar a despesa pública e a descida do défice, mas acabam por errar todos os palpites, e depois vêm pedir mais sacrifícios aos portugueses. E o primeiro-ministro Passos Coelho, ainda tem o desplante, como o fez hoje, de vir apelar aos portugueses para assumirem "a resolução dos problemas do país". Mas afinal, não foi para isso, para "salvar o país da bancarrota", que Passos Coelho chumbou o PEC-4, pondo fim ao "regabofe"? Até parece que não, e agora passa as culpas para os portugueses.

Depois dos mega-investimentos prometidos pelo ministro Álvaro; depois

do "regabofe" do super-ministro-adjunto Miguel Relvas; depois dos estragos causados na Educação pelo ministro Nuno Crato; depois dos arrufos entre os parceiros Passos e Portas; depois dos mal-entendidos entre a ministra da Lavoura e a CAP por causa da criação do Banco de Terras; depois das tropelias cometidas pelo ministro-sombra, António Borges, durante o caso "concessão da RTP", chegou agora a vez da ministra da Justiça, Paula Teixeira da Cruz, vir falar na praça pública sobre "impunidade".

Tal como os seus colegas, a ministra da Justiça não se adaptou ao lugar que exerce. A ministra fala como jurista, como advogada do Diabo, esquecendo-se do recato, da prudência, da imparcialidade e da idoneidade que é exigivel a quem desempenha o cargo de ministra da Justiça. Paula Teixeira da Cruz, perde o decôro e a sapiência perante as câmaras de televisão. Hoje, à saída da cadeia de Caxias, foi-lhe pedida opinião sobre as buscas domiciliárias a tres ex-governantes socialistas, e a ministra, esquecendo o seu cargo, abriu a boca para dizer que "acabou o tempo" em que havia "impunidade". "Ninguem está acima da lei, tudo deve ser investigado", adiantou a ministra, apesar de, até agora, não haver nenhum arguido. Nesta cruzada (não podemos esquecer), está Carlos Barbosa, o dirigente do ACP, que faz rally em todo o terreno: contra António Costa, na Rotunda do Marquês, e contra as PPP, não sei porque razão. Talvez seja pelo fim das Scuts ou as portagens em tudo o que é auto-estradas. O corredor de gincanas, Carlos Barbosa, foi quem apresentou queixa-crime contra as PPP. (Que pena tenho, por já ter pago a quota do ACP!...). Como se vê, este Governo de neoliberais, tem muitos servidores. E este facto, ainda contribui mais para a chinfrineira que grassa nas hostes do laranjal e tambem neste Governo de estrangeirados.

Paula Teixeira da Cruz, ministra da Justiça, mostrou-se felicissima ao abandonar a cadeia...

Onde proferiu diatribes contra hipotéticos arguidos, e manchou a honra de pessoas inocentes.



publicado por Evaristo Ferreira às 15:08 | link do post | comentar

mais sobre mim
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

FIM DE CICLO...

A ENTREVISTA DE SÓCRATES

SÓCRATES NA RTP

PASSOS DE JOELHOS

DESCRÉDITO TOTAL

COM PAPAS E BOLOS...

É A ECONOMIA, ESTÚPIDO!

OS PROFETAS DOS "MERCADOS...

QUE SE LIXE O "PÚBLICO"

OS PAPAGAIOS DO COSTUME

arquivos

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

links
blogs SAPO
subscrever feeds