Quarta-feira, 26 de Setembro de 2012

Ainda nada transpirou da reunião governamental a decorrer em S. Bento.

A coisa está preta. Estou a ver o Tio Patinhas (Vitor Gaspar), a ser assessorado (via SMS) pelos Escuteiros-Mirim (António Borges e Miguel Relvas), enquanto na reunião do Conselho de Ministros, convocada por Passos Coelho, o Governo procura acertar o DEVE com o HAVER do Orçamento de Estado para 2013. Para alcançar este objectivo, Vitor Gaspar e Passos Coelho estão a contar todos os cêntimos, sacados aos trabahadores e pensionistas, bem assim como as receitas provenientes da "venda dos últimos aneis" da República. Paulo Portas contribui com a venda a pataco, dos imóveis onde funcionam os serviços consulares no estrangeiro. Mas, apesar do imposto a cobrar aos trabalhadores e pensionistas, que substitui a malfadada TSU, o Tio Patinhas do Governo continua sem saber onde vai "encaixar" os milhões que são necessários para  reduzir o défice deste ano para os 5%, acordados com a Troika. Passos Coelho (estou a vê-lo), continua a dizer que é preciso encontrar uma solução, "custe o que custar". Ora, a mim não me custa acreditar que o Governo vá encontrar uma saída, pois tem-se mostrado engenhoso e manhoso na forma como tem resolvido a questão do défice. Passos Coelho e os seus ministros são hábeis na mentira, no logro, na usurpação e na mistificação; eles resolvem os acertos de contas a trouxe-mouxe, aldrabam tudo com "encaixes" falaciosos, e depois o resultado final traduz-se numa "derrapagem colossal".  Eles não sabem onde, nem como, arranjar 1.000 milhões para tapar o buraco. Mas consta que estão a preparar mais um golpe, mais uma venda artificiosa de activos da República, para com isto tapar o "buraco" do défice. Avançaram com a venda (a pataco) de 40% da CGD, mas o processo é complicado. Agora, para cumprir o défice, "custe o que custar", a ideia manhosa é vender a concessão dos aeroportos à ANA... Esta empresa pública gere os aeroportos há dezenas de anos. Para tapar o buraco do défice, o Governo quer vender já, à ANA. E quem vai asumir o encargo da ANA, que é uma empresa do Estado? É esquisito, não é? Mas esta gente manhosa, alem de mentir, ainda peca por ser trapalhona e traiçoeira. Resta saber se a União Europeia vai dar o aval a este disparate.

O Governo está a contar com a venda da ANA, mas antes desta, é preciso privatizar a TAP...



publicado por Evaristo Ferreira às 14:46 | link do post | comentar

1 comentário:
De Francisco Clamote a 28 de Setembro de 2012 às 16:22
No aldrabar as contas ( e no resto) eles são hábeis. Abraço.


Comentar post

mais sobre mim
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

FIM DE CICLO...

A ENTREVISTA DE SÓCRATES

SÓCRATES NA RTP

PASSOS DE JOELHOS

DESCRÉDITO TOTAL

COM PAPAS E BOLOS...

É A ECONOMIA, ESTÚPIDO!

OS PROFETAS DOS "MERCADOS...

QUE SE LIXE O "PÚBLICO"

OS PAPAGAIOS DO COSTUME

arquivos

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

links
blogs SAPO
subscrever feeds