Sexta-feira, 21 de Janeiro de 2011

Aos inquéritos de rua, efectuados por canais de televisão, o povão responde de forma idiota às questões que lhe são colocadas. O povão não está para "analizar" o assunto, o que quer é aparecer nas tevês. A resposta é quase sempre ligeira, parcial, sem nexo. Já os nossos "comentadores, sempre que lhe pedem uma opinião, esses respondem em jeito de rodízio, parcialmente, e quase sempre com ligeireza de raciocínio. Quase todos falam de boa mesa, mas são incapazes de citar um prato. Todos falam de futebol, mas culpam sempre os outros pelas derrotas do seu clube. O que isto demonstra, é pura cegueira -- quer se trate de assuntos de bola, de política ou da crise actual.

Hoje li um editorial onde se dizia: "as famílias portuguesas, preparando dias piores, aumentam os depósitos no sistema bancário (+ 1710 milhões de euros)".  A verdade é que os portugueses não fazem isto por uma questão de prevenir o futuro, a maioria dos portuguses gasta o que tem e o que não tem. Aqueles 1.710 milhões terão sido transferidos dos Certificados de Afôrro (CA) para a banca, porque esta está a pagar tres vezes mais do que os CA.  A banca precisa de dinheiro, e não o tem. Para captar o dinheiro, a banca está a oferecer juros entre 2,5 e 4,5 por cento...  Tambem hoje li esta notícia: "Dificuldades nas familias são razões apontadas para venda a menos de 13 milhões de embalagens [de medicamentos] em 2009".  Informa a notícia que se gastaram menos 683 milhões de euros. Porquê? Certamente porque o Ministério da Saúde e o Governo tomaram medidas para acabar com os remédios grátis, que o povão solicitava para si, para dar à tia, ao genro, à cunhada ou à sobrinha...  Mas a "cegueira" não está apenas nos meios de comunicação. Tomei conhecimento duma coisa chamada "Projecto Farol" que veio apresentar resultados de um inquérito feito na rua, destinado a saber se os portugueses eram mais felizes agora ou antes do 25 de Abril.  Pela amostragem feita, os portuguses sentem que estão pior do que há 40 anos, seriam mais felizes em 1970... Que raio de sondagem, esta. A ser verdade, o povo português está a precisar de aconselhamento psiquiátrico... O inquérito diz-nos que "estamos piores do que 1970"?!...  Mas está tudo "cego" ou ensandeceram?...

Então o povinho há 40 anos tinha SNS (dos melhores na Europa)? Tinha auto-estradas? Escolas e hospitais, como tem hoje? Então o povinho não gosta de telemóveis, televisão a côres e Internet?  O povinho gostava mais de viver com as lixeiras a céu aberto? Com os esgotos caseiros a correr para a rua ou algum riacho?  Então o povinho não gosta de ETARs?  Gostava de viver como dantes, com as águas residuais, turvas e pestilentas a correr para os rios e lagos?... E a rede de auto-estradas?... Eu não acredito que qualquer português possa afirmar que vivia melhor há 40 anos. O estudo dado à luz do dia pelo "Projecto Farol", deve ter sido conduzido na penumbra do entardecer ou na escuridão da noite. Quiça na ala de psiquiatria de algum hospital particular, onde os inquiridos estivessem em tratamento. Ou então cegaram, são incapazes de ver a luz do dia.



publicado por Evaristo Ferreira às 18:16 | link do post | comentar

mais sobre mim
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

FIM DE CICLO...

A ENTREVISTA DE SÓCRATES

SÓCRATES NA RTP

PASSOS DE JOELHOS

DESCRÉDITO TOTAL

COM PAPAS E BOLOS...

É A ECONOMIA, ESTÚPIDO!

OS PROFETAS DOS "MERCADOS...

QUE SE LIXE O "PÚBLICO"

OS PAPAGAIOS DO COSTUME

arquivos

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

links
blogs SAPO
subscrever feeds